Proposta pela deputada Ana Paula Lima e realizada pela Comissão de Transporte e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aconteceu na noite desta segunda-feira (04) Audiência Pública no Bairro Santana em Urussanga. Objetivo foi discutir a pavimentação da SC 440, a chamada rodovia dos Mineiros que liga Urussanga a Lauro Müller.

A audiência foi uma reivindicação da comunidade após usar a tribuna durante sessão na Alesc no mês de julho e atendida pela deputada. “A mobilização da população foi decisiva para a realização desse evento e garantiu que a presença de mais deputados que estão imbuídos em cobrar do governo do Estado a conclusão da obra”, destacou.

A obra é aguardada pela comunidade por mais de 50 anos. O trajeto que inicia no bairro Rio Carvão, passando por Santana, em Urussanga, até o bairro Itanema, em Lauro Muller é menor percurso entre o Planalto Serrano e o litoral catarinense.

“Esse é um pleito antigo e os moradores não podem mais esperar.Estamos aqui comprometidos com a comunidade. E o que depender do Parlamento Catarinense, iremos cobrar o mais rápido possível a concretização desta obra”,” declarou.

*Alguns números da rodovia

Em meados de agosto deste ano o governador em exercício na época Eduardo Pinho Moreira liberou a pavimentação de dois quilômetros no trecho entre o bairro Nova Itália e Rio Carvão. O valor da obra foi estimado em R$ 3.446.673,61 com prazo de execução de 12 meses e com processo de licitação para escolha da empresa prevista ainda para este ano.

A rodovia possui uma extensão total de 12,7 quilômetros ligando a SC 108 ao bairro Santana no interior de Urussanga. A obra depois de pronta beneficiará diretamente em Urussanga cinco mil pessoas que moram nos bairros cortados pela rodovia.
Outra área beneficiada será a de mineração com o transporte de 12 mil toneladas de carvão ao mês responsável pela arrecadação mensal de R$ 1.200.000,00 em ICMS para o município. Caso o projeto seja concluído na totalidade, ligando Urussanga a Lauro Muller, haverá uma diminuição de 12 quilômetros na ligação entre serra e litoral.

*Informações Câmara de Vereadores de Urussanga

Foto: Solon Soares