Florianópolis, 05/07/2018 – Por proposição da deputada Ana Paula Lima (PT), a Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou Moção de contrariedade à suspensão de matrículas nos 18 Centros de Educação Profissional (Cedups) em todo o estado. O documento, aprovado em plenário nesta quarta-feira (4), será encaminhado ao governador do estado e à Secretaria Estadual de Educação.

fotonoticia_plenario28

O anúncio da suspensão das matrículas para o segundo semestre de 2018 nos Cedups foi através do Ofício Circular nº 215/2018, encaminhado às Gerências Regionais de Educação e a Coordenadoria Regional da Grande Florianópolis, no dia 22 de junho.  Medida que afeta novas turmas de primeiro módulo dos cursos concomitantes e subseqüentes da educação profissional.

“A medida tomou de surpresa direção, pais e alunos e milhares de estudantes serão prejudicados”, observou Ana Paula, que esteve com a direção do Cedup de Blumenau na semana passada. A unidade, inclusive, já estava com divulgação para as 250 matrículas oferecidas para o segundo semestre letivo.

“Tais Centros de Educação Profissional são de suma importância, pois observam as vocações locais e oferecem cursos que são a única oportunidade para jovens e adultos terem acesso à educação técnica para formação profissional nas áreas agrícola, industrial, tecnológica, da construção civil e da saúde”.

Para Ana Paula, “o Governo do Estado, de forma falaciosa, alega que a medida restritiva aos Cedups tem o propósito de equilibrar a oferta e a procura de vagas”. E mais: “Culpam a atual conjuntura e não assumem seus erros na gestão do governo do qual participaram ou que apoiaram direta e indiretamente nos últimos tempos, o que culminou em vários cancelamentos anunciados pelo atual governo, como os recursos do Fundam 2 e, mais recentemente, as emendas impositivas aprovadas para este ano”.